Preciso falar inglês para fazer um intercâmbio? - Egali Intercâmbio
Vida no exterior

Preciso falar inglês para fazer um intercâmbio?

Atualizado em 26 de novembro de 2018

A gente está mais do que acostumado a receber vários questionamentos sobre intercâmbio, e podemos afirmar que a pergunta “Preciso falar inglês para fazer um intercâmbio?” é uma das dúvidas mais frequente entre os nossos futuros intercambistas.

Para responder esse dilema, resolvemos fazer este post explicando os motivos pelos quais você NÃO precisa saber inglês antes de embarcar para sua aventura no exterior!

Por essa você não esperava, não é mesmo?!

 

1. Escolha a escola e o curso certos

Antes de tudo, um dos principais objetivos do intercâmbio é justamente estudar um idioma, para que o aprendizado seja feito de forma rápida e definitiva. E, como esse é o grande intuito da viagem, não se preocupe em saber o inglês previamente. Os professores e a escola em que você vai estudar estão mais do que preparados e acostumados a receberem alunos que falam nada ou muito pouco o idioma deles.

Na hora da matrícula do intercâmbio, é importante que você seja sincero. Pense: “o quanto eu sei de inglês?”, a resposta para essa pergunta vai poder ajudar o seu consultor a indicar o melhor tipo de curso para você.

É muito comum que as pessoas fiquem com receio de fazer um intercâmbio sem ter algum conhecimento do inglês, e é justamente por isso, que as escolas possuem testes de nivelamento (para saber o seu nível de inglês) e estruturas (salas de aulas específicas para pessoas de um mesmo nível de inglês) para que você possa aprender a dominar o idioma desde o básico.

Será que você sabe falar inglês? Seja honesto!!!

 

Se o seu desejo é fazer um curso mais específico, que aborde outros assuntos além do aprendizado do idioma, é importante que você já tenha o domínio da língua. Caso você saiba apenas o básico do inglês, é interessante que você entre num curso de General English para que você possa evoluir e adquirir um bom nível de entendimento da língua (e quem sabe, no futuro, poder fazer um curso específico).

Sem dúvidas, aprender a falar inglês durante o intercâmbio é uma experiência muito enriquecedora. Afinal, o idioma fará parte do seu dia-a-dia e, com isso, dominar a língua será muito mais fácil.

Esse é você depois de falar a primeira frase completa em inglês.

 

2. Aproveite as acomodações coletivas

Acomodações coletivas podem ser muito positivas para o seu intercâmbio em muito sentidos. Além de conhecer muitos brasileiros, com quem você poderá fazer amizade, você ainda poderá ter contato com pessoas de várias partes do mundo e o inglês vai acabar virando a língua oficial da comunicação. E isso é muito legal, pois todos acabam aprendendo muito nesse processo.

É bem possível que dependendo da sua acomodação, você tenha contato com pelo menos um brasileiro. Por isso, a nossa dica é que você não caia na tentação de falar apenas português ou ter apenas amigos brasileiros.

É claro, que a comunicação pode ser muito mais fácil nessa situação e saudade de casa pode até mesmo ficar menor, mas lembre-se: o intercâmbio serve para que você saia da sua zona de conforto. Então, aproveite para conhecer o máximo de pessoas diferentes e tente falar inglês com elas. Não tenha vergonha de errar, pois é errando que a gente aprende! 😉

Errei o tempo verbal, né?

 

Se você for fazer um intercâmbio de longa duração, ficar inicialmente em uma residência estudantil ou em hostel é uma ótima chance de conseguir contatos que irão te ajudar a conseguir a sua acomodação para passar o restante do seu tempo no país. Isso acontece com a maioria dos nossos intercambistas, pois o contato com pessoas que estão a mais tempo no destino é bem mais fácil.

Uma opção que pode ser um grande desafio para quem não sabe inglês e quer resultados rápidos é a casa de família (Host Family). Morar em uma acomodação com muitos brasileiros é realmente mais cômodo, mas dependendo do ponto de vista a Host Family pode ser uma opção para quem quer fazer uma imersão total na cultura de um país.

A Egali tem acomodações próprias em alguns destinos, essas acomodações foram feitas pensando no melhor custo-benefício e adaptação dos intercambistas. A Egali House recebe pessoas do Brasil e dos países em possuímos lojas (Colômbia, México e Espanha), já o Egali Hostel pode receber pessoas de toda parte do mundo.

Esse é você, pronto pra fazer amizades na acomodação.

 

3. Saiba com quem contar no exterior

É importante que, no momento da matrícula no intercâmbio, você saiba se a agência tem condições de te dar um suporte no exterior caso você precise. Esse ponto é essencial para que você se sinta seguro em um país diferente, no qual você não terá o domínio do idioma.

Aqui na Egali, nós temos diversas bases espalhadas pelo mundo, que têm a função de atender nossos alunos. Nós também temos uma equipe de suporte ao aluno que dá orientações de pré-embarque e auxilia o intercambista durante sua estadia no exterior.

Sabendo com quem contar no exterior, a sua experiência no intercâmbio ficará ainda melhor!

High five aluno e base no exterior!

 

Conseguimos te convencer que é possível fazer um intercâmbio sem saber falar inglês? Não tenha medo, confie na gente, essa vai experiência vai ser incrível!

Para saber mais sobre a Egali e sobre nossos pacotes de intercâmbio, entre em contato com a gente por aqui.

 

preciso falar inglês para fazer um intercâmbio - FC

  • egali
    Por egali