Especial Austrália: por que o país é o destino ideal para o intercâmbio
Especial Austrália
Austrália

Especial Austrália: por que o país é o destino ideal para o intercâmbio

Atualizado em 06 de setembro de 2018

Continuando com quarta parte do Especial Austrália, vamos mostrar algumas informações que vão te convencer de que a terra dos cangurus pode ser o seu destino ideal de intercâmbio! Para ler os outros posts do Especial acesse:

 

Especial Austrália: Tudo sobre fazer intercâmbio de estudo + trabalho em terras australianas

Especial Austrália: guia da documentação para estudar e trabalhar

Especial Austrália: 6 melhores cidades para fazer seu intercâmbio

Austrália foi considerada o segundo melhor país para viver no mundo (ficando atrás apenas da Noruega) pela Organização das Nações Unidas (ONU) em seu último boletim sobre Desenvolvimento Humano. No boletim, foram mostrados índices como expectativa de vida, saúde, educação, igualdade de gênero e qualidade financeira. Ou seja, a Austrália tem a qualidade de vida melhor do que a de países como Estados Unidos, Canadá e Reino Unido.

Mas, isso não é uma surpresa para ninguém, afinal de contas, o país é um dos destinos mais buscados por estudantes de todo o mundo. 8 das 100 melhores universidades do mundo são australianas e o ensino universitário é considerado melhor que o do Japão e o da Alemanha!

Austrália impressiona em muitos aspectos. Além de suas belezas naturais, o país possui uma economia forte, que aliada a seus aspectos culturais e ao seu agradável clima (que lembra muito o do Brasil), faz com que esse esteja entre os 10 países mais felizes do mundo, de acordo com o Índice de Prosperidade Legatum de 2017.

A seguir vamos mostrar algumas razões para considerar a Austrália como o seu destino ideal!

 

1. Os Australianos

Não tem na pior do que viajar para um país e não ser tratado bem, não é mesmo? Mas, pode ficar despreocupado porque na Austrália isso não vai acontecer!

Os australianos são muito amáveis e simpáticos com os estrangeiros, recebendo todo mundo com educação. Além disso, de acordo com o Censo Australiano de 2011, 47% dos australianos ou nasceram em outro país ou é filho de pessoas que nasceram eu outros países (é quase metade da população!!!).

 

Com isso, o número de idiomas falados no país é grande! São mais de 260 idiomas, sendo os mais comuns o inglês, o mandarim, o italiano, o árabe, o cantonês e o grego.

Lá, as pessoas são livres para serem elas mesmas, sem repressão, independente da sexualidade, raça, religião e nacionalidade. Os australianos conhecem a diversidade cultural e social do mundo muito bem!

 

2. Belezas naturais

De acordo com a Conservation International, uma organização sem fins lucrativos, 70% da flora e da fauna do planeta existem em apenas 17 países. Esses países ocupam cerca de 10% da superfície da Terra, e a Austrália faz parte deles!

Ela é um dos dois países desenvolvidos que possuem uma mega-biodiversidade alta (o outro é a China). O país possui entre 600 mil e 700 mil tipos diferentes de plantas e animais. São mais de 378 espécies de mamíferos, 828 espécies de pássaros, 300 tipos de lagartos diferentes, 140 espécies de cobras e por aí vai.

Sem contar que a Austrália ocupa o primeiro lugar em espécies endêmicas (espécies que existem em uma área específica), com animais como o canguru, o dingo e coala, além dos vários tipos de plantas. Por ter uma grande diversidade de vida selvagem, o país se preocupa em conservar a natureza. Existem reservas naturais e de preservação em quase todas as partes da Austrália.

 

3. Clima

Como é um país de grande extensão, o clima muda bastante dependendo da cidade e região. Por exemplo, você pode encontrar cidades com a temperatura ultrapassando os 31ºC, enquanto em outras regiões pode cair neve.

Esse é o caso cidades como Victoria, Camberra, Nova Gales do Sul, Melbourne e Hobart. Então, se você é uma pessoa que não curte tanto o calor, essas regiões serão perfeitas para você. O inverno nelas se assemelha bastante ao da região sul do Brasil. 

Caso você queira curtir o clima de verão em grande parte do ano, vá para cidades como Brisbane, Cairns, Gold Coast e Perth. Lá, os dias de praia quase nunca param!

 

4. Segurança

De acordo com o Índice Global da Paz, a Austrália está na 12ª posição de país mais seguro do mundo. Esse índice leva em consideração todos os tipos de ameaças que os habitantes locais podem sofrer. Isso inclui assaltos, crimes, mortes por acidentes de trânsito, ataques terroristas e guerras.

Além disso, Melbourne e Sydney foram eleitas respectivamente a 5ª e a 7ª cidades mais seguras do mundo de acordo com a The Economist. Esse ranking foi feito com 60 cidades, levando em consideração a segurança digital, segurança de saúde, segurança de infraestrutura e segurança pessoal.

Esses dados mostram que a segurança da Austrália é muito eficiente. É possível caminhar tranquilamente pelas ruas, usar celulares e câmeras em público sem correr riscos. Quando, eventualmente, acontece algum tipo de furto ou roubo, a polícia realmente entra em ação e dá todo o suporte à vítima. Segundo dados do governo australiano, 72,4% da população do país está satisfeita com os serviços policiais, e 86,6% acredita que a polícia trabalha com profissionalismo.

 

5. Qualidade de vida

Segundo a consultoria da Mercer, baseada no desempenho de 450 cidades, a Austrália possui duas cidades no top 20 de melhor qualidade de vida do mundo. Sydney e Melbourne ocupam respectivamente a 10ª e a 16ª posições no ranking que leva em consideração fatores como ambientes político, social, econômico e sociocultural, serviços de saúde, educação, transporte público, recreação, bens de consumo, moradia e meio ambiente.

Isso pode ser percebido no instante em que você chega ao país, com suas ruas, avenidas, parques, edifícios, hospitais de excelente qualidade. Existem parques de sobra, bem preservados, para que todos desfrutem de um momento de ócio.

Há ciclovias que servem para preservar o meio ambiente e o transporte público é de boa qualidade para que dificilmente você tenha que usar um carro. Sem contar que a educação australiana é excelente! Escolas, universidades e cursos de inglês de ótima qualidade de ensino.

 

6. Diversas atrações

A Austrália oferece muito mais que praias e cangurus. Lá, você poderá encontrar montanhas impressionantes, fazer road trips épicas, visitar parque nacionais enormes, mergulhar em lindas cachoeiras…

Mas, além disso, as cidades australianas são repletas de atrações! Alguns dos eventos mais importantes acontecem na Austrália, como o Vivid Sydney (Sydney), a primeira eliminatória do World Surf League Championship (Gold Coast), o Formula 1 Australia Grand Prix e o Australia Opening Tennis (Melbourne).

Em 2018, Gold Coast foi responsável por sediar os Commonwealth Games, sem contar Sydney e Melbourne que tem uma agenda cultural bem cheia! Cidades menores como Brisbane, Cairns e Perth também possuem eventos marcados para o ano todo como festivais de música, cultura e gastronomia.

A Austrália também recebe muitos shows. Artistas como Ed Sheeran, Bruno Mars, James Blunt, Lana Del Rey, The Killers, Imagine Dragons, Harry Styles, P!ink, Katy Perry, Mariah Carey, Taylor Swift e Sam Smith fizeram turnês no país em 2018.

Você já deve ter percebido que programação do que fazer é o que não vai faltar para você na Austrália!

 

Eaí, curtiu as razões para a Austrália ser o seu destino de intercâmbio? O país é mesmo encantador, está no topo de vários rankings mundiais, além de ter um povo super receptivo que te receberá de braços abertos.

Assim, terminamos mais uma parte do Especial Austrália, onde te mostramos o melhor deste país fantástico. Não perca as próximas publicações!

E se você quer falar com um de nossos consultores para saber mais sobre fazer um intercâmbio para a Austrália, entre em contato com a gente por aqui. Você também pode marcar uma visita aqui.

  • annachies
    Por annachies Blogueira/Vlogueira que deseja conhecer o mundo todo. Acredita que o intercâmbio é uma experiência incrível e fará de tudo para te convencer disso! Quer trocar uma ideia comigo? @annacchies (em todas as redes sociais)