Fechar um intercâmbio em tempos de pandemia: saiba todos os cuidados
Covid-19

3 cuidados que você deve ter ao fechar um intercâmbio em tempos de pandemia

Atualizado em 19 de maio de 2020

Com certeza, todos nós estamos vivendo um momento muito atípico diante da pandemia do novo Coronavírus em todo o mundo. O COVID-19 afetou praticamente todos os setores da economia, principalmente o mercado de turismo e intercâmbio.

No entanto, isso não quer dizer que o seu sonho de fazer um intercâmbio tenha que ser cancelado. É possível sim fechar uma viagem em tempos de pandemia, só é preciso tomar alguns cuidados para que dê tudo certo com o seu investimento.

Por isso, no post de hoje vamos dar 3 dicas para que você feche o seu intercâmbio da forma mais segura possível. Afinal, você não deve desistir dos seus planos! Confira a seguir:

 

1. Desconfie de preços muito abaixo do mercado

Como falamos na nossa introdução, a pandemia do COVID-19 afetou bastante agências de turismo e intercâmbio. Várias promoções estão surgindo durante esse período de quarentena propondo viagens para o segundo semestre de 2020.

No entanto, é bom ficar atento aos preços muito abaixo do mercado. Sempre confira o que o tempo de curso e o que os pacotes oferecem. Faça perguntas, questionamentos, pesquise o nome escola, as avaliações das acomodações…

Às vezes, pagar mais barato pode ser bom para o seu bolso, mas pode sair caro caso algum imprevisto aconteça. Por isso, sempre h opções com o melhor custo-benefício e que façam você se sentir 100% seguro na hora investir no seu intercâmbio.

 

2. Confira se agência é confiável

Nesse post, nós damos algumas dicas de como fazer um intercâmbio de forma confiável de acordo com a ABRASEEIO.

Sempre confirme se a agência em que você está pesquisando os preços de pacotes faz parte de alguma associação de agências de intercâmbio, isso vai mostrar o quanto ela é instituição séria. Além disso, é muito importante saber quais tipos de serviço ela oferece aos alunos no exterior, se ela tem estruturas como bases e acomodações.

Com isso, o intercambista se sentirá muito mais seguro em caso de dúvidas ou eventuais problemas que aconteçam durante sua estadia no exterior. Na maioria das situações é mais benéfico pagar um pouco mais e saber que você terá um bom suporte fora do Brasil, lembre-se: custo-benefício é tudo nessa escolha.

 

3. Veja quais são as datas de embarque que a agência oferece

Estamos vivendo um momento turbulento e não temos como saber quando as fronteiras dos países se reabrirão para viajantes estrangeiros. Um embarque para o exterior no segundo semestre pode ser ou não uma realidade.

Por isso, na hora de fechar o seu intercâmbio veja quais são as opções de datas de embarque que a agência oferece. Confira se essas opções são flexíveis e se é possível fazer a remarcação, caso você não consiga viajar nos segundo semestre.

A Egali, por exemplo, está marcando o embarque dos intercambistas em até 24 meses a partir da data da compra do pacote. Uma condição bem flexível para quem deseja investir no sonho de fazer um intercâmbio.

 

Esperamos que esse post tenha ajudado você a se sentir mais seguro em relação à compra do seu intercâmbio. Acreditamos sim que existe vida pós-coronavírus e queremos muito que você aproveite cada momento da sua viagem!

Para qualquer dúvida, entre em contato com os nossos consultores preenchendo o formulário abaixo:

  • annachies
    Por annachies Blogueira/Vlogueira que deseja conhecer o mundo todo. Acredita que o intercâmbio é uma experiência incrível e fará de tudo para te convencer disso! Quer trocar uma ideia comigo? @annacchies (em todas as redes sociais)

Precisa de Ajuda? Fale Conosco
Entre em contato com nossa equipe de especialistas para começar a planejar seu intercâmbio.

Preencha os campos abaixo com seus dados para que possamos retornar, caso caia a conexão.

Campo obrigatório
Entre com um email válido
Campo obrigatório