Um dia em Brighton - Egali Intercâmbio
Tudo sobre intercâmbio
Inglaterra

Um dia em Brighton

Atualizado em 16 de outubro de 2017

O post de hoje é diferente. Vamos mostrar um roteiro de um passeio bate-volta para você que quer aproveitar seu intercâmbio ao máximo. 😍

A cidade escolhida foi Brighton, localizada no litoral da Inglaterra, ficando a apenas 1 hora de Londres. Vai dizer: é um passeio imperdível, não é?

Então, vamos as atrações desta cidade super fofa.

 

Um dia em Brighton

 

A cidade

Brighton é uma cidade pequena, onde praticamente tudo pode ser feito a pé. Além disso, a cidade é a mais alternativa, irreverente e boa da Inglaterra. Não é a toa que durante anos uma comunidade hippie se estabeleceu por lá, a comunidade LGBT também é muito forte e a cidade também abriga as maiores empresas que contratam designer, profissionais de comunicação social e artistas. Ou seja: a cidade mais de humanas da Inglaterra!

Não deixe de apreciar as artes de rua espalhadas por Brighton. Elas deixam a cidade muito colorida e alegre, sem contar que serão ótimos planos de fundo para as suas fotos.

egali-intercambio-um-dia-em-brighton-01

 

Chegando em Brighton

Provavelmente, você chegará em Brighton de trem e irá desembarcar na principal estação da cidade, que é toda em estilo vitoriano (linda!). Logo que você sair da estação, siga a rua que vai te levar até as “Lanes”.

Você se deparar com duas esquinas: uma com a North Laine e a outra com Kensington Gardens. Dai você pode escolher que caminho tomar conforme as atrações dessas ruas:

egali-intercambio-um-dia-em-brighton-02

 

North Laine

É uma rua cheia de lojinhas e bares simpáticos. Você encontrará de tudo desde lojas com artigos veganos até bares (muitos bares aliás!). Você pode começar seu passeio por aqui para se localizar, e mais tarde, em torno da hora do almoço, voltar para bater perna e apreciar as comidas de um dos restaurantes.

egali-intercambio-um-dia-em-brighton-03

 

Kensignton Gardens

Essa rua é cheia de brechós e antiquários, e mesmo que você não tenha a intenção de comprar nada, esse rolê é imperdível! A Snoopers Paradise, por exemplo, é uma loja de antiguidades enorme, que possui algumas raridades como câmeras fotográficas antigas, máquinas de escrever e malas de viagem.

egali-intercambio-um-dia-em-brighton-04

 

Orla e praia

Depois disso, siga em direção a praia. Mas já aviso que as praias da Inglaterra são bem diferente das do Brasil. Em Brighton, no lugar de areia, a praia tem pedrinhas.

egali-intercambio-um-dia-em-brighton-05

 

A orla de Brighton é muito legal, ela foi construída em dois níves e é cheia de casas, lojas e diversões. Lá, você vai encontrar muitas portas coloridas e algumas ainda têm anúncios de ciganas que leem sua mão e adivinha sua sorte, uma vibe muito retrô, que fica ainda forte com os carrosséis antigos que existem por ali. Faça uma caminhada por ele em direção ao famoso cartão postal da cidade: o píer.

egali-intercambio-um-dia-em-brighton-06

 

A entrada para o píer é gratuita e os horários de funcionamento variam de acordo com a época do ano. De novembro a março ele funciona das 11h às 14h e de abril a outubro das 10h às 22h. Além de ter aquele toque vintage, o píer será uma garantia de diversão no seu passeio. Você poderá andar na roda gigante e enxergar toda a cidade.

egali-intercambio-um-dia-em-brighton-07

 

Lendas urbanas

Depois de visitar o píer, você pode explorar as ruas paralelas à orla. Andando em direção ao Royal Pavillion (já explicaremos do que se trata), além de lojinhas, você poderá encontrar alguns lugares mal-assombrados (medo!), segundo as histórias da cidade.  Mas não precisa ficar assustado, a maioria dessas histórias são apenas lendas.

Eu disse a maioria, certo? Pois é, uma das verdadeiras, é que um dos grandes suspeitos de ser o Jack, o estripador, se hospedou no pub mais antigo da cidade, o Cricketers. Imagina só!

egali-intercambio-um-dia-em-brighton-08

 

Histórias da realeza e o Royal Pavilion

A cidade tem um fun fact ótimo. Em 1783, o príncipe regente (futuro rei), George IV, recebeu uma indicação médica para passar uma temporada perto do mar (naquela época acreditavam que a água salgada tinha poderes terapêuticos). Chegando em Brighton, o príncipe descobre que morar na praia é tudo de bom: vibe ótima, frutos do mar à vontade, gente bonita, atmosfera relax e, é claro, festas.

Daí era festa para, festa para cá, e eis que George se apaixona por uma plebeia. Ele se casa com ela em segredo (achando isso um absurdo, a família real anulou o casamento depois #triste). Isso tudo na época causou o maior bafafá, e indo para Brighton, você pode visitar a casa dela, que hoje é o escritório central da YMCA. O prédio tem até uma entrada secreta, que era por onde o príncipe entrava para visitar sua amada.

egali-intercambio-um-dia-em-brighton-09

 

E como você pode ver, o príncipe adora curtir uma boa vida. E, além disso, ele adorava coisas diferentes, tanto que mandou uma construir o palácio mais diferente da Inglaterra para ser sua residência, o Royal Pavilion. A construção é toda cheia de influências orientais, com decoração inspirada na China e na Índia e móveis de influência muçulmana. O ingresso para visitar a atração custa £10,50.

egali-intercambio-um-dia-em-brighton-10

 

Finalizando o tour

Depois de passear bastante pela cidade, você fazer uma parada em um dos inúmeros Fish & Chips da cidade ou experimentar os restaurantes de frutos do mar. E depois, voltando para a estação de trem, você pode dar mais uma passada pela North Laine e fazer umas comprinhas diferentes em suas lojas.

egali-intercambio-um-dia-em-brighton-11

 

Eaí o que achou do roteiro em Brighton? Tem tudo para ser um ótimo passeio, não é mesmo?!

E se você (assim como eu) se apaixonou pela cidade e quer fazer um intercâmbio na Inglaterra, entre em contato com a gente por aqui. Em breve, nossos consultores entrarão em contato com você. 😉

  • egali
    Por egali