O que fazer em Santiago - Egali Intercâmbio
Tudo sobre intercâmbio
Chile

O que fazer em Santiago

Atualizado em 10 de novembro de 2017

Como você já pode ver aqui no Blog, nós já falamos de alguns motivos para visitar o Chile e para fazer um intercâmbio em sua capital, Santiago. Agora, aproveitando nossos preços incríveis de intercâmbio para o Chile, fizemos este post para mostrar o que fazer em Santiago!

E caso você tenha ficado interessado em saber mais sobre os nossos preços de intercâmbio para o Chile, entre em contato com os nossos consultores por aqui.

 

O que fazer em Santiago

 

Conhecer o Centro Histórico

É no Centro que você encontrará grande parte das atrações turísticas de Santiago. Lá, você poderá visitar o Palácio de La Moneda que é a sede da presidência do país. Uma dica é acompanhar o calendário para ver em que dias a troca de guarda acontece.

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-01

 

De lá, você pode ir até a Plaza de Armas, uma praça ampla e bonita, que abriga a prefeitura e a Catedral Metropolitana. Depois, aproveite para dar uma passadinha pelo Mercado Central, para fazer uma refeição tipicamente chilena. Vá direto aos restaurantes que ficam nos fundos, pois são os mais tradicionais, com suas sopas de mariscos e centolla e caranguejos gigantes.

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-02

 

Faça a digestão no Museo Nacional de Bellas Artes, que fica no Parque Florestal, com esculturas e pinturas de artistas europeus e chilenos dos séculos 16 a 20. São cerca de 5600 obras exibidas, e na parte de trás do edifício neoclássico fica um anexo de arte contemporânea.

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-03

 

Museu da Memória e dos Direitos Humanos

Esse museu é um pouco afastado do centro, mas já adiantamos que o deslocamento vale muito a pena! Ele foi aberto em 2010 e é um dos mais interessantes da cidade, com murais, vídeos e documentos que mostram a ditadura militar no Chile.

Durante esse período, mais de 3 mil pessoas foram mortas e cerca de 30 mil foram presas e torturadas, sem contar os milhares de pessoas exiladas. O paredão com as fotos das vítimas é de dar arrepios!

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-04

 

Visitar o museu da Memória e dos Direitos Humanos é uma oportunidade de ter uma belíssima aula de história do Chile. Por isso, não deixe de visita-lo durante seu intercâmbio!

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-05

 

Visitar Lastarria

O bairro de Lastarria é uma continuação do centro, e é nele que fica o Cerro Santa Lúcia, um parque de 65 mil metros quadrados que proporciona belas vistas da cidade no seu mirante a 629 metros de altura. Recarregue suas energias em torno da Fuente Neptuno, onde esculturas clássicas cospem água, cercadas por várias árvores.

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-06

 

Experimente os sorvetes do Emporio La Rosa, considerado a melhor sorveteria da cidade. Lá, você encontrará sabores bem inusitados como o de chirimoya (uma fruta andina). Continue seu passeio pelas ruas Merced, que é cheia de cafés e lojas de roupa, e José Victorino Lastarria, com lojinhas, restaurantes, feiras de livros e arte, além do Museo de Artes Visuales.

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-07

 

Depois, vá ao Centro Cultural Gabriela Mistral, localizado no prédio onde já ficou uma junta militar do general Augusto Pinochet.  São  22 mil metros quadrados de arquitetura arrojada,  com espaços ao ar livre, lojas e salas para exposições, peças, shows e concertos. Dê uma parada no café Gabriela, nem que seja para dar uma descansada em seus banquinhos.

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-08

 

Finalize seu passeio por Lastarria no bar Bocanáriz, um dos queridinhos pelos chilenos. O estabelecimento fica aberto o dia inteiro, possuindo uma seleção de quase 400 rótulos de vinhos. Aproveite para pedir os petiscos ou pratos harmonizando com o seu vinho escolhido.

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-09

 

Visitar o bairro Bellavista

Localizado bem perto do centro, o Bellavista é considerado o bairro cult e o boêmio de Santiago. O Patio Bellavista é um dos lugares mais requisitados pelos turistas, é um complexo com lojas, restaurantes e bares de música ao vivo.

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-10

E neste bairro que fica a La Chascona, uma das três casas do escrito chileno Pablo Neruda. A La Chascona foi construída em 1953 para terceira mulher do escritor. Lá, estão expostos os antigos ambientes da casa, com móveis e objetos da época, uma pinacoteca e uma coleção de objetos africanos.

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-11

 

 

 

No final da rua Pio Nono, você poderá pegar o funicular para subir o Cerro San Cristóbal. O parque tem um mirante que mostra a cidade enquadrada pela Cordilheira dos Andes, é simplesmente lindo!

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-12

 

Depois disso, aproveite para ir a alguns dos bares da região. O pessoal descolado vai adorar tomar cervejas artesanais no The Clinic. E se você curte bares gay-friendly, o Sarita Colonia será uma ótima opção com a sua cozinha de fusão asiática-peruana. Há também vários botecos para aqueles que só querem sentar e tomar uma cerveja.

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-13

 

Uma sugestão legal de lugar ainda pouco conhecida  é o Azotea Matilde.  Um bar/restaurante rooftop que bomba no verão. O forte deles são os frozens, não deixe de experimentar!

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-14

 

Visitar os bairros Vitacura e Providência

Vitacura é a zona mais “endinheirada” da cidade, as avenidas Nueva Costanera e Alonso de Córdoba possuem muitas galerias de arte. Se você tiver curiosidade para visitar alguma delas, visite a Animal. Lá, você encontrará um bom panorama da arte contemporânea chilena. Não deixe de visitar o Parque Bicentenário, um dos mais legais da cidade, com flamingos, laguinho e um gramado com espreguiçadeiras.

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-15

 

No bairro Providencia, você encontrará  várias lojas e o melhor shopping da cidade, o Costanera Center. Nesse shopping fica o Sky Costanera, um mirante no 62º andar. Indo nesta atração você verá Santiago no alto dos 300 metros da maior torre da América Latina, envolvida pela Cordilheira dos Andes.

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-16

Visitar o Bairro Itália

Ao sul do Bairro Providencia, você encontrará o Bairro Itália, uma região de Santiago que foi gentrificada. Gentrificação é o processo de transformação de regiões que eram consideradas zonas de risco ou pobres em regiões culturais, boêmias e seguras.

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-17

 

Os antigos galpões do Bairro Itália foram transformados em ateliês de design, lojas charmosas, cafés e restaurantes. Visite o La Tranquera, um lugar ideal para tomar café da manhã ou um chá da tarde. Outro lugar legal é Xoco por Ti, um café onde os funcionários se autodenominam “baristas de chocolate”.

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-18

 

Se você quer conhecer lojinhas legai vá ao Espacio Oops, uma galeria de 120 m². Há também a One more Toy, que tem câmeras Polaroid e brinquedos de coleções antigas, e a Anticuarios calle Caupolicán, parte de uma quadra inteira tomada por pequenas oficinas de restauro de móveis.

egali-intercambio-o-que-fazer-em-santiago-19

 

Eai curtiu nossas sugestões de passeios? Atrações é o que não vão falta para você visitar em Santiago!

E caso você tenha ficado interessado em fazer um intercâmbio na capital do Chile, entre em contato com a gente por aqui.

 

Fonte: CarpeMundi.

  • Por
Olá! Posso Ajudar?