Meus 7 dias incríveis em Nova York - Egali Intercâmbio
Tudo sobre intercâmbio

Meus 7 dias incríveis em Nova York

Atualizado em 01 de dezembro de 2014

Há alguns dias eu retornava de uma viagem incrível a uma das cidades mais legais do mundo. Foi uma semana intensa em Nova York. Vi tanta coisa e fiz tanta coisa que parece que estive lá no ano passado. A mala voltou recheada de compras, mas também de memórias boas que mesmo recém tendo chegado já me fazem ter vontade de retornar.

Compartilhei meu roteiro de viagem no blog da Egali e nas nossas redes sociais e várias pessoas aproveitaram o gancho para perguntar se 7 dias – tempo do meu roteiro por lá – eram suficientes para marinheiros de primeira viagem conhecerem a cidade. Minha opinião: dá sim. E como!

Nova York tem atração suficiente para viagens de 7 dias, de 15, de 30, de um ano. A primeira providência, portanto, é mapear quais pontos você tem mais vontade de conhecer. Algumas dicas:

– Faça uma lista desses locais e procure na internet a localização deles. Agrupe por região para fazer mais de um programa por dia. Em Nova York, o Memorial de 11/9 não fica muito distante da famosa Wall Street, coração financeiro da cidade.

MEMORIAL 11 SETEMBRO

– Sinalize os locais cobertos, como museus ou grandes lojas que deseja visitar. Ao chegar na cidade, espie a previsão do tempo e, se estiver apontando chuva para algum dia próximo, não gaste estes programas em dias de sol.

– Não se entende muito bem com o inglês e com deslocamento via metrô? Os ônibus de turismo podem ser uma boa opção. Com saída de vários pontos da cidade, eles passam pelas principais atrações turísticas. Melhor parte: dá para acompanhar as explicações sobre cada um através de gravações em português. E não precisa ver tudo correndo de uma vez só: dá para descer, caminhar por algum lugar especial, tirar fotos e depois pegar o ônibus de novo para seguir a linha.

– Se não tem medo do metrô, compre um MetroCard. Ele é vendido em maquininhas expressas na entrada de todas as estações, com pagamento em cartão ou dinheiro. É mais econômico que ficar comprando bilhetes avulsos a cada viagem. Você desliza o MetroCard (como faria com um cartão de crédito) nas cancelas do metrô e numa tela vê quanto tem de saldo restante. Fácil, fácil.

METRO CARD

– Programe-se para pegar filas em lugares de grande concentração de turistas, como a subida até o topo do Empire State e as balsas que levam até a Estátua da Liberdade. Deixe esses programas para dias mais folgados. Nos mais cheios, opte por passeios que dependam apenas do seu tempo, como passear pela Times Square e comer um sorvete no Central Park.

GABI NA TIMES SQUARE

– Na dúvida, reserve. Nada mais chato que bater à porta de um restaurante super recomendado por amigos e descobrir que só há lugar disponível na semana seguinte. Não faz mal, portanto, mandar um e-mail reservando mesa. Faça isso para o The View, por exemplo, o famoso “restaurante que gira” e proporciona uma visão incrível da cidade enquanto rola o jantar.

RESTAURANTE THE VIEW

– Otimize a viagem utilizando transfer. No meu roteiro preparado pela Egali constava confortável deslocamento do aeroporto para o hotel e do hotel para o aeroporto. Nova York oferece uma série de formas de sair do aeroporto via táxi, ônibus e metrô, mas o transfer de carro é o mais rápido e cômodo. Me poupou tempo e estresse e fez com que eu pudesse aproveitar de forma intensa o meu dia de chegada e o de partida.

Meus 7 dias em Nova York foram ainda mais especiais devido ao carinho da Egali na preparação da minha viagem. Foi fundamental a agência ter escolhido um hotel bem localizado, perto de várias atrações que eu queria conhecer e de estações de metrô também. Ter esse suporte e carinho que vão além de um simples agendamento de passagens e hospedagem torna o passeio mais calmo, seguro e aproveitável.

Próximo objetivo? Levar meu marido até a Big Apple para fazer um roteiro típico de lua de mel, já que a cidade é um dos destinos preferidos de quem casa. Quem sabe a renovação de votos não rola por lá?

Obrigada ao time da Egali pela atenção, carinho e atendimento nota 10!

 

Por Gabi Chanas, jornalista

www.gabichanas.com

  • Por
Olá! Posso Ajudar?